The Eighth Circuit held Monday that the former CEO of the Islamic American Relief Agency cannot become an American citizen after he pled guilty to violating economic sanctions by funneling the organization’s humanitarian relief funds to a man linked to a terrorist group in Iraq.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu