Border officials should be able to confiscate and search a traveler’s smartphone or laptop without probable cause and a warrant, U.S. government lawyers told the First Circuit on Wednesday, asking the court to reverse a finding that basic device searches require reasonable suspicion.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu