Tiffany & Co. says luxury goods conglomerate LVMH can’t point to COVID-19 to ditch its $16.2 billion acquisition of the jeweler, Princess Cruise Lines opposes certification of a class of customers suing over its virus response, and court battles continue over a growing push for mail-in voting during the pandemic. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu