President Donald Trump did not need to back up his assertion that foreign workers hurt the U.S. labor market when he suspended work visas by fiat, a government lawyer argued in California federal court on Friday in the latest test of the executive’s powers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu