Justice Ruth Bader Ginsburg, who died on Friday after serving on the U.S. Supreme Court for nearly three decades, leaves behind a legacy of calling for due process rights for immigrants and accountability for law enforcement agencies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu