A Maryland federal judge has certified a class of medically vulnerable immigrants held in detention facilities who claim that the coronavirus pandemic has created “unconstitutional conditions of confinement,” but denied the class expedited bail hearings.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu