Recent law firm trademark disputes highlight how the tension between legal ethics rules and trademark law can make it difficult for firms to select brands that are distinctive and entitled to protection, say Kimberly Maynard and Tyler Maulsby at Frankfurt Kurnit.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu